terça-feira, 12 de outubro de 2004

História da Tani-ha Shito-Ryu Karate-Do



História da Tani-ha Shito-Ryu Karate-Do
International Kofukan


O início

1970 - No ano de 1970, o mestre Tani, Soke de Tani-ha Shito-Ryu Karate-Do Shukokai perguntou, a cada um dos alunos da universidade de Doshisha, se algum deles gostaria de ajudar no desenvolvimento de Tani-ha Shito-Ryu no exterior, nomeadamente na américa, para assistente do Sensei Kimura, ou para a Europa, para assistir o Sensei Suzuki. O objectivo era para periodo de um ou dois anos, de modo a estabelecer o estilo no exterior e depois voltar ao Japão.

Dos três que disseram sim, dois fizeram a viagem de Tóquio a Paris, em Março de 1972. Foram eles Naoki Omi e Keiji Tomiyama, agora ambos chefes Instrutores de Tani-ha Shito-Ryu Karate-Do International Kofukan.1972.

1972 - Nessa altura, o Instrutor Chefe para a Europa era o Sensei Yasuhiro Suzuki. Ele foi ajudado pelo Sensei Hanai, Ikazaki e Shimabukuro, tendo cada um as suas próprias especialidades. A vida com os dois "novos rapazes" estabeleceu-se a uma rotina de aulas informais, a formação francesa entre si e a visita, durante a noite, de diferentes clubes de karate.

Nesse verão, o número de adesões aumentou bastante, quando a Srª Ishimaru e o SrºHayashi chegarão. Nesse mesmo ano realizou-se em Estocolmo um Campeonato Shukokai. Apesar de ainda não ter uma organização estruturada, o Sensei Suzuki foi a esse campeonato, naturalmente, a cargo da Tani-ha Shito-Ryu Shukokai na Europa. Na altura, os principais países envolvidos foram a França, a Inglaterra, a jugoslávia e a Suécia, com pequenos grupos da Noruega e Bélgica.

1973 - Entretanto, em 1973, o Sensei Suzuki mudou-se para Bruxelas, onde tinha um escritório, levando com ele Keiji Tomiyama para ensinar karate na Bélgica.

1974 - Na primavera de 1974, um grande "Dojo Central" é inaugurada em Bruxelas com os membros da SWKU (Inglaterra). Depois disso, o Sr. Hayashi foi enviado a Inglaterra para ensinar, onde permaneceu durante um ano.

1975 - Realiza-se em Bruxelas o primeiro evento anual, a Euro-Cup. De 1976 até 1978, a Euro-Cup foi realizada todos os anos em Pepinster, uma pequena cidade belga, perto da fronteira alemã.

Ainda em 1975, o grande "Central Dojo" tem de ser fechado, abrindo um mais pequeno perto da Gare du Nord. Este Dojo foi a sede da SWKUE (Shukokai World Karate Shukokai Union Europe) até 1978.

A associação continuou a desenvolver-se, juntamente com alguns grupos que aderiram à organização Kimura Master, razão pela qual há duas ou mais organizações Shukokai em alguns países.

1977 - Inicia-se a emissão, duas vezes por ano, da newsletter "Forum", a qual continuou a ser publicada até 1982.

1978 - No ano de 1978, Keiji Tomiyama muda-se para Inglaterra, ficando o Sensei Shimabukuro na Bélgica, a comandar a organização.

1979 - A Euro-Cup realiza-se pela primeira vez em Paris e Keiji Tomiyama foi nomeado Secretário-Geral. Foi ainda decidido formalizar a organização, e recolher uma taxa de adesão de cada membro (1£/ano) para pagar os custos de administração e serviços.

Embora a Bélgica não tenha participado, expressaram o seu desacordo em seguida e como a matéria não pôde ser resolvido, foi-lhes pedido para deixarem a organização. O Sensei Shimabukuro, que estava na Bélgica, deixou-se envolver nos negócios e a Central Dojo foi fechado, sendo assim o fim da Tani-ha Shito-Ryu nesse país.

1980 - Em 1980, a Euro-Cup foi realizada em Peterborough, na Inglaterra. O Sensei Suzuki compareceu no evento e realizou um exame de graduação a Omi Okubo, Kamohara e Tomiyama e durante o evento, todos eles foram graduados com 5º Dan.

Também em 1980, o Mestre Tani visita a Europa, com a sua esposa e vários instrutores. Nessa ocasião, o Mestre Tani sugeriu a realização de um Campeonato do Mundo a ser organizado na Europa. Assim, em 1981, foi organizado o 1º campeonato do Mundo, em Edimburgo. O Mestre Tani levou consigo a Sr.ª e o Sr. Inagaki, os quais formaram mais tarde a Nippon Kofukan.

Ainda nesse ano, o Sensei Suzuki regressou finalmente ao Japão e assim o Sensei Omi e o Sensei Tomiyama tornaram-se os líderes da organização. Durante esse tempo, outros instrutores japoneses deixaram a organização, deixando na Europa, apenas três residentes.


A Kofukan

No início da década de 80, existiam muitos grupos que se auto-intitulavam "Shukokai", especialmente na Grã-Bretanha. A maioria destes grupos eram “break-aways” da organização do Sensei Kimura. Esta situação fez com que o impacto da organização enfraquece-se, devido ao facto de existirem muitos grupos"Shukokai".

Depois de muitas discussões entre o Sensei Suzuki e o Sensei Tomiyama, foi decidido chamar a organização de  "Kofukan", o nome do Dojo do Sensei Suzuki, em vez de "Shukokai World Karate Union Europe".

Ficou assim a ser a primeira e única "Kofukan ", com uma forte identidade. O Sensei Tomiyama explicou a situação ao Mestre Tani e, naturalmente, manteve-se como parte da sua organização Shukokai.

1986 - Neste ano, o Mestre Tani visita a Europa e gradua com 6º Dan os Senseis Omi, Okubo e Tomiyama.

1987 -  O Mestre Tani acolheu a Euro-Cup realizada na Eslovénia, com os seguintes países: Suécia, Noruega, Escócia, Inglaterra, França, Ilhas do Canal e Jugoslávia.

1990 - A partir desta data, verifica-se uma rápida expansão da organização. Em 1990, a Bulgária aderiu à Kofukan, com Dimitar Savov à cabeça assim como a Geórgia, ex-URSS, com Vladimir Japaridze e Shota Shartava.

Portugal aderiu, sob a liderança de João Dias, em 1991, assim com a Dinamarca. Depois de uma cadeia de contactos, a Kofukan estava bem estabelecida no Zimbabwe, Botswana e África do Sul, isto no final de 1991.

Também em 1991, foram agrupados, por Matthew Beaumont, o grupo da Austrália e em 1992, por Brian Davis, a Nova Zelândia.

Após um contacto inicial feito por Rajasekaran Emmanuel, em 1989, os Emirados Árabes Unidos e a Índia, tornaram-se membros em 1992. Shihan Tomiyama visitou a Índia pela primeira vez em 1993.

Em 1992, Charles Skrabl, que pertencia anteriormente à formação da Eslovénia, vai trabalhar para a Suíça e ai fundou também um grupo.

Devido ao bom relacionamento com a Srª e o Sr.Inagaki, desde 1981 que se realizam visitas de grupo à sua terra natal, Izushi. Em 1994 eles recebem a permissão do Mestre Tani e Takahara para deixar o grupo do Sensei Takahara Seikenkan e formarem a Kofukan Japão.

Também em 1994, Israel decidiu juntar-se à kofukan, com o seu líder Husny "A Arar".

Através do contato da Kofukan Geórgia, surgem novos grupos na Rússia, Cazaquistão, Ucrânia e Grécia. Assim, a kofukan cresceu certamente como uma organização nos últimos 30 anos.Considera-se que é um feito notável, ganhar tantos novos países membros nos últimos 10 anos, sem nunca oferecer qualquer incentivo, tais como a obtenção de novas graduações.

Todos os membros da Kofukan, tanto os antigos como os mais recentes, são pessoas sérias e a organização está orgulhosa de continuar a sua progressão e realizações.


Kofukan 20º aniversário

Comemorou-se o 20 º aniversário num evento, em Oslo, a 1992. Foi convidado o Mestre Tani e ele aceitou participar. Infelizmente, o Mestre Tani foi hospitalizado e não pode fazê-lo. No entanto, enviou, em sua representação, os Senseis Yamada, Sumino e Ishitobi assim como a Srª Yamada. Durante o evento o Sensei Tomiyama foi agraciado com o diploma de Shian.


Shukokai 45º aniversário

Em 1994, realizou-se em Kobe, o Campeonato Mundias Shukokai, celebrando o 45º aniversário da organização.

Os Senseis Omi e Tomiyama foram a este evento e ai foram graduados com 7º Dan.


A nova Kofukan

Embora os Senseis Omi e Tomiyama se terem tornado os líderes da organização da kofukan, após o retorno do Sensei Suzuki ao Japão em 1981, a estrutura da organização foi alterada.

Keiji Tomiyama permaneceu como Secretário-Geral e Sensei Suzuki permaneceu como o Instrutor Chefe, apesar de ter deixado de treinar e ensinar devido à sua agenda.

Em 1994, foi sugerido que era necessário reestruturar a organização, para reflectir o verdadeiro estado da mesma e clarificar a posição de responsabilidade. Depois de trabalhar sobre a questão, Keiji Tomiyama propôs a mudança de estrutura na reunião do Comité Internacional em 1995. Após algum tempo de discussão, uma nova estrutura foi acordado, sendo a seguinte:

Soke (Chefe do estilo)
Mestre Chojiro Tani

Chaiman Honorário
Sensei Yoshimichi Shimizu

Orientador
Sensei Yasuhiro Suzuki

Presidente
Sensei Keiji Tomiyama

Chefe do Executivo
Sensei Naoki Omi

Chefes Instrutores
Sensei Keiji Tomiyama e Sensei Naoki Omi

Comitê Executivo
Keiji Tomiyama, Naoki Omi, Dick Schörling (Suécia), Geir Henriksen (Noruega) e Anton Marusa (Eslovénia)

Comitê Técnico
Keiji Tomiyama, Naoki Omi, James Todd (Inglaterra) e Couet Didier (França)

Secretário
Sally Tomiyama

Entretanto, o Mestre Tani Chojiro infelizmente faleceu, mas a sua posição de Soke foi assumida pelo seu filho, Chojiro Tani II. A Kofukan continua a ter um bom relacionamento e um produtivo desenvolvimento com a sua organização Shukokai, mas como organização própria, a Kofukan é único no mundo.

Sem comentários:

Publicar um comentário